WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia









julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
videos


:: ‘Polícia’

ITABUNA: Lavador de carros é assassinado dentro de lava jato

Rafael Nunes dos Santos, conhecido como ‘Rafael do Notebook’, foi morto a tiros no último sábado, 13, em um lava jato no município de Itabuna, localizado a 463 km de Salvador.

Segundo o blog Pimenta na Muqueca, a polícia deve buscar imagens de segurança de estabelecimentos próximos para tentar identificar os envolvidos no crime.

Testemunhas informaram que homens armados desceram de um carro de placa não anotada e efetuaram vários disparos em Rafael. Em seguida, os suspeitos retornaram para o veículo, mas sem levar nada da vítima.

Rafael tinha diversas passagens pela polícia e já foi preso nas cidades de Itabuna, Ipiaú e Jequié por roubos, furtos e arrombamentos de estabelecimentos comerciais e residenciais. A polícia investiga a motivação do crime.

CRIME: Homem é preso após matar cadela a tiros

Um rapaz de 36 anos foi detido após matar uma cadela a tiros, na cidade de São Gonçalo dos Campos, a cerca de 100 quilômetros de Salvador.

De acordo com a polícia, o caso ocorreu na Rua Nova, que fica no Povoado de Boa Hora, na quarta-feira (10). Não há informações sobre o que motivou a situação. A cadela pertencia a uma senhora que mora na mesma rua em que aconteceu o crime.

Ainda segundo a polícia, com base no depoimento de testemunhas, o suspeito chegou ao povoado com a arma, ameaçou a população e disparou contra o animal.

Após atendimento da Polícia Militar, ele foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes de Feira de Santana, na mesma região, onde permanece preso. O caso é investigado pela Polícia Civil da cidade.

INF: VN

POLÍCIA: Preso foragido de quadrilha especializada em extorsão de LGBTs

Um dos foragidos da quadrilha especializada em extorquir pessoas LGBT+ foi preso no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, nesta segunda-feira (1°/7). Agentes da 5ª Delegacia de Polícia (Área Central) avisaram à Polícia Federal sobre o possível retorno de Samuel Junio Napoli de Souza, 21 anos, para o Brasil. Ele é apontado como um dos líderes do grupo.
O suspeito estava no Chile e, de acordo a Polícia Civil do DF, havia um mandado de prisão em aberto contra ele. Investigadores identificaram o voo de Samuel e ele foi preso no momento em que passava pela Imigração.
Samuel está detido em São Paulo e deve chegar a Brasília nesta semana. Ele prestará esclarecimentos na delegacia e, depois, será encaminhado para o Complexo Penitenciário da Papuda. Ainda estão foragidos Carlos Henrique Leão Costa, 19, e Paulo Rogério Vasconcelos Marques, 20.

Extorsão e agressão

Um grupo de oito pessoas, entre elas travestis e homossexuais, é acusado de extorquir homens por meio de aplicativos e sites de relacionamentos. A quadrilha especializada atuou no Distrito Federal, em Goiás, no Ceará e em São Paulo. Os criminosos filmavam encontros sexuais com as vítimas e, depois, ameaçavam mostrar as imagens para familiares delas.
Os suspeitos criavam perfis com nomes falsos nos aplicativos, voltados para homossexuais e atraíam as vítimas para encontros em hotéis das cidades, nos quais os suspeitos alugavam suítes. Escondidos, dois ou três criminosos filmavam o ato sexual com um celular. Em seguida, apareciam e agrediam a vítima.
Paulo Henrique Alves Ferreira, Estefanny, Marcelo Dias Ferreira, Tifanny Lorrane e Anitta também foram presos suspeitos de participação no esquema(foto: Sarah Peres/CB/D.A Press)
Para não sofrer exposição, os homens entregavam dinheiro para a quadrilha. O grupo usava o celular das vítimas para fazer empréstimos e transferências bancárias e máquinas de cartão para repassar dinheiro a empresas fantasmas.
Entre 24 e 25 de junho, agentes prenderam parte do grupo em Goiânia. Estão detidos preventivamente Marcelo Dias Ferreira, 20 anos; Tifanny Lorrane, 20, nome social de Hiago Alves dos Santos; Paulo Henrique Alves Ferreira, 21; Estefanny, 24, nascida Eduardo Sousa Luz Santos; e Anitta, 24, batizada como Paulo Yago Pereira da Silva.
INFORMAÇÕES DO CB

Bandidos põem fogo em carro com repórter da TV Bahia no porta-malas

O jornalista Jony Torres foi trancado na mala do próprio carro durante uma tentativa de assalto no início da noite desta segunda-feira (17) na zona rural da cidade de Esplanada, região nordeste do estado. Os ladrões ainda atearam fogo ao veículo, mas Jony conseguiu escapar antes das chamas consumirem seu veículo, um modelo Nissan Tiida de quatro portas. O carro teve perda total. O jornalista da TV Bahia tem uma fazenda com o sogro no município.

O crime foi cometido por dois homens que estavam numa moto. Segundo o jornalista, um deles aparentava ser adolescente, mas foi o mais velho que comandou toda a ação.  O jornalista conta que o assalto durou, aproximadamente, 30 minutos. Ele ainda chegou a ser reconhecido pelo mais jovem, mas foi confundido com um policial.

Ele achou que me reconheceu por ser policial e começou a dizer: ‘nós é bonde do maluco, porra, nós vai lhe matar. Cadê o celular, porra? Eu dizia pra ele: velho, eu sou jornalista, não sou polícia. Tenho dois filhos para criar. Um deles ainda disse: ‘eu também não tive pai para me criar’“, informou Jony.

Para ele, foi mais uma violência psicológica do que física. Segundo ele, os dois assaltantes aparentavam estarem embriagados e drogados. “Eles só queriam o celular, na hora do nervoso, nem lembrei que tinha deixado na fazenda e falei que devia ter caído no carro”, conta. O jornalista entregou a carteira com R$ 400, mas mesmo assim os ladrões ficaram irritados.

(Foto:Acervo Pessoal)

Jony contou ao CORREIO que precisou ir resolver um problema na fazenda de última hora e saiu, por volta das 18h30, para fazer um lanche em um posto de gasolina na BR-101. Para chegar até o local, trafegou por uma estrada de terra de cerca de 3 km. Quando estava voltando, precisou diminuir a velocidade por conta de uma linha férrea que tem na região e foi nesse momento que o jornalista foi abordado pelos assaltantes.

Eles entraram no carro e me fizeram dirigir com uma arma apontada para a minha cabeça até uma plantação de eucalipto. Lá, me colocaram deitado no chão e começaram a exigir o celular. Mas eu estava tão nervoso, que nem me dei conta de que tinha esquecido na fazenda e disse que devia estar caído no chão do carro, como não acharam, decidiram me matar. Me botaram no porta-malas do carro e disseram: ‘vou lhe matar porra´. Fiquei achando que me dariam um tiro, mas ele ainda disse: ‘não vou gastar uma bala com esse filho da puta’“.

Só quando ouviu o barulho da moto dando partida é que o jornalista teve coragem de tentar sair do carro. “Meu carro era daqueles que tem uma cordinha para baixar o banco, eu consegui baixar e sair pelas portas do fundo. Só então vi que a parte da frente do carro já estava toda em chamas. Jogaram cachaça no carro e tocaram fogo”, relembra.

O jornalista não soube estimar quanto tempo ficou preso no porta-malas. Mas quando achou que os bandidos já tinham saído do local, conseguiu sair do carro. Primeiro ele se escondeu no mato e depois começou a correr, pra sair dali. “Na estrada de chão me deram socorro e acionaram a Polícia Militar, que foi no local e encontrou meus documentos jogados no chão”, conta.

(Foto: Acervo Pessoal)

Quase 24 horas depois do assalto, o jornalista conta que até agora está praticamente sem dormir. “Só pensava nos meus filhos”, diz. Ele já havia sofrido um assalto em Salvador, mas nada que fizesse com que ele temesse tanto pela sua vida. “Foi terrível. Uma maldade sem sentido. Queriam me matar só por causa de um celular”, comentou Jony, destacando que os bandidos estavam visivelmente transtornados.

Ele conta que ainda se sente como se estivesse “dentro de um pesadelo”. “A vontade que da é de ir dormir pra acordar depois e descobrir que era apenas um sonho ruim”, finaliza.

O veículo está no seguro. Na manhã desta terça-feira (18), policiais começaram a busca pelos bandidos. Em nota, a Polícia Civil informou que o roubo é investigado pela Delegacia de Esplanada, “que realiza incursões para identificar e prender os autores”. O CORREIO vem tentado falar com o delegado da região, mas ninguém atendeu às inúmeras ligações realizadas à unidade.

Veja vídeo gravado quando o carro ainda pegava fogo (Imagens do Acajutiba News)

 

ILHÉUS: ESTUDANTES SÃO ESFAQUEADOS POR COLEGA DENTRO DE COLÉGIO

Pelo menos três estudantes teriam sido esfaqueados por um colega dentro do Colégio Estadual Estado do Ceará, no bairro Malhado, em Ilhéus. O fato aconteceu na manhã dessa segunda-feira, dia 3.

Segundo as informações iniciais, o agressor teria cometido a ação após sofrer bullying pelo três estudantes agredidos. Uma das vítimas mais grave teria sido agredida na região do tórax.

Viaturas da polícia Militar compareceram ao colégio para deter o agressor. Uma ambulância do SAMU 192 também foi deslocada ao local, prestando os primeiros atendimentos às vítimas.

Fonte: o tabuleiro

Ilhéus: SINDPOC promoverá seminário “Investigação Criminal

SINDPOC promove seminário “Investigação Criminal: a polícia civil e sua atuação constitucional” nesta quinta-feira(30).

Com o objetivo de promover um debate  sobre o papel da Polícia Civil no combate à criminalidade baiana,  SINDPOC promove o seminário “Investigação Criminal: a polícia civil e sua atuação constitucional”, na faculdade de Ilhéus, na próxima quinta-feira(30), a partir das 8:30 hs. O evento irá contar com a participação de representantes do Ministério Público, Defensoria Pública, OAB, poder judiciário, peritos, investigadores, escrivães e delegados da região Sul da Bahia. Além da presença do Presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes

O perito técnico e Vice-Presidente do SINDPOC, Diego Messias, destaca que o evento visa discutir o papel social dos policiais civis junto às comunidades e a importância de todas as carreiras ao trabalho de investigação criminal.

“Queremos demostrar que a Polícia Civil faz Ciência.Vamos envolver os estudantes, professores e pesquisadores na discussão. Vamos discutir a atuação insitucional da Polícia Civil no combate à criminalidade e na busca pela Justiça”, frisa Diego Messias.

Assista ao vídeo que mostra Compadre Washington sendo agredido durante assalto

Um vídeo que mostra o momento em que Compadre Washington foi agredido depois de um assalto em São Paulo, na noite de domingo (19), foi divulgado nesta segunda-feira (20).
O cantor continua internado no Hospital das Clínicas e não terá alta hoje, mas tem saúde em estado estável, de acordo com a unidade.
As imagens mostram o cantor saindo de uma lanchonete com duas pessoas.  Um bandido passar por uma banca de revistas e mais ladrões aparecem para cercar as vítimas – um casal deles bloqueia a frente.
Cercado, Compadre Washington leva um chute e um soco e acaba caindo no chão. O ladrão fugiu com o celular do cantor do É o Tchan.
Os outros envolvidos também saem rapidamente do local. O cantor está bem. Exames foram feitos e não encontraram nada mais grave, mas ele sofreu um corte na cabeça e por isso segue internado.
Assista o vídeo:

ILHÉUS: PF INVADE CASA DO VEREADOR LUKAS PAIVA

A quarta começou movimentada em Ilhéus. O comunicador Vila Nova acaba de informar no programa O tabuleiro, Ilhéus FM 105.9  que a Polícia Federal invadiu a casa do vereador e ex-presidente da Câmara Lukas Paiva. Os agentes teriam arrombado a residência do parlamentar porque não foram atendidos.

As últimas informações dão conta também quem existe busca e apreensão na casa do vereador Aldemir e Tarcisio Paixão, além dos ex-vereadores James Costa e Valmir de Inema.

Breve novas atualizações.









web