WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia






maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
videos


:: ‘_destaque2’

Saúde: Confira os benefícios do vinagre de maçã que foram comprovados pela ciência

Em francês a palavra vinagre significa vinho azedo. E é bem isso mesmo. Para se fazer o vinho a fruta é esmagada e fermentada com a ajuda de um fungo, tradicionalmente, a levedura. Desse processo se obtém o álcool.

Com a ajuda de uma bactéria, o álcool é transformado em ácido acético e o vinho se torna vinagre. E não é só isso. O de maçã contém uma dezena de ácidos, cada um com uma capacidade diferente de beneficiar o organismo, como foi reportado em uma análise científica de 2014.

Combate tumores

Um estudo de 2007 apresenta uma propriedade presente neste tipo de vinagre capaz de combater e até retardar o desenvolvimento de tumores cancerígenos. A cadeia de tamanho médio de alpha-glicano foi capaz de demonstrar essas capacidades em experimentos com ratos de laboratório.

Ajuda a reduzir os níveis de glicose sanguínea

Vários estudos mostram esta qualidade do vinagre de maçã, e toma-lo antes das refeições com grandes quantidades de carboidrato pode aumentar a sensibilidade à insulina de 19 até 34%. Outro estudo demonstrou que toma-lo antes de comer 50 gramas de pão branco diminui em 34% a sensibilidade insulínica.

Ministra do STF dá cinco dias para Bolsonaro explicar decreto sobre porte de armas

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber deu um prazo de cinco dias para o presidente da República, Jair Bolsonaro, explicar o decreto assinado nesta semana que flexibiliza o porte de armas. Ela é a relatora da ação protocolada pelo partido Rede. A ministra deve aguardar a resposta antes de decidir se suspende ou não de forma liminar o decreto.

Além de Bolsonaro, a ministra deu o mesmo prazo para que o Ministério da Justiça, comandado por Sérgio Moro, dê suas justificativas para o ato. Ela também abriu a possibilidade de manifestações para Advocacia-Geral da União (AGU), Procuradoria-Geral da República (PGR), Senado Federal e Câmara dos Deputados.

Em seu despacho, de apenas três páginas, a ministra não dá qualquer sinalização sobre sua eventual decisão. Ela limita-se a reproduzir os argumentos apresentados na ação pela Rede. O partido acusa o presidente Bolsonaro de ter cometido “abuso de poder” com a edição do decreto e pede que a eficácia da medida seja suspensa de forma liminar.

O principal argumento é que ao ampliar o porte de armas por decreto o presidente teria ido contra o Estatuto do Desarmamento, que foi instituído por lei e só poderia ser alterado por nova legislação produzida pelo Congresso.

ILHÉUS: Prefeitura interdita trânsito na Rua 13 de Maio, no Pontal, nesta sexta-feira, 10

A Prefeitura de Ilhéus informa que o tráfego de veículos será interditado na Rua 13 de Maio, no Pontal, nesta sexta-feira (10), a partir das 9 horas, para a realização de serviços de manutenção do principal eixo de ligação com os demais bairros da zona sul da cidade. Equipes da Superintendência Municipal de Trânsito e Mobilidade (Sutram) estarão no local orientando motoristas e pedestres.

Segundo a Sutram é preciso redobrar a atenção no local, a fim de evitar transtornos e acidente. Os motoristas que estiverem se deslocando no sentido centro X Zona Sul poderá utilizar as Ruas Coronel Pessoa ou Herotildes de Melo, e quem estiver trafegando no sentido Sul X Centro seguirá pela rua Barão do Rio Branco.

CAMACAN: Zé do Salão foi encontrado morto em casa

Casa toda revirada, sinais de luta e um homem morto. O corpo, encontrado na manhã desse domingo, 5, é de José Raimundo Santana, Zé do Salão, um dos cabeleireiros mais conhecidos da cidade de Camacan, há cerca de 80 quilômetros de Itabuna.

Zé do Salão, segundo a Polícia Militar, foi assassinado em casa, no bairro Antônio Elias, naquela cidade. A polícia colhe informações em busca de uma linha de investigação para esclarecer a morte do cabeleireiro, tido como uma pessoa do bem, com boas relações na cidade.

Latrocínio? É o que muita gente acredita. Mas não qualquer informação oficial, por enquanto, sobre autoria e motivação do crime.

POR: DB

Decreto que permite transporte de arma com munição por atiradores será assinado por Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro disse neste domingo (5) que vai assinar na terça-feira (7) um decreto que flexibiliza as regras de transporte de armas para colecionadores, atiradores esportivos e caçadores, conhecidos pela siga CAC.

Bolsonaro foi indagado sobre o decreto por um simpatizante ao sair do Palácio da Alvorada, nesta tarde, para ir ao enterro da mãe de um ex-assessor que trabalhou com ele na Câmara dos Deputados.

“Vou assinar [o decreto] na terça-feira, às 16h, pode ficar tranquilo. CAC não vai ter quantidade de munição. Vai poder transportar arma municiada. Quebrando o monopólio também”, disse Bolsonaro ao apoiador.

Na última terça (30), o porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros, já havia anunciado que o presidente preparava um decreto sobre o tema para esta semana.

“Desde a campanha, o presidente vem imaginando permitir uma certa abertura no transporte [das armas] para caçadores, atiradores e colecionadores de armas. Especialmente dos atiradores, da sua casa para o estande de tiro, onde ele vai realizar o seu treinamento esportivo”, disse o porta-voz.

A fala de Bolsonaro sobre a quebra de monopólio não ficou clara. Depois de assumir a Presidência da República, um dos primeiros atos de Bolsonaro como presidente foi a edição de um decreto para facilitar a posse de armas de fogo, uma promessa de campanha.

Bolsonaro também foi questionado por jornalistas, neste domingo, sobre se desistiu de ir a Nova York por causa das críticas que recebeu do prefeito da cidade, Bill de Blasio. Ele respondeu que vai aos Estados Unidos, mas não disse em qual data nem em quais circunstâncias.

O presidente e seu filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) foram nesta tarde ao cemitério Campo da Esperança, em Brasília, para acompanhar o enterro da mãe do ex-assessor Eduardo Guimarães, Teresa Cristina.

Na cerimônia, o presidente se emocionou, ficou abraçado com a família e não falou com jornalistas. Em seguida, Bolsonaro voltou para o Palácio da Alvorada.

por: BN

ILHÉUS: CONFIRA O HORÁRIO ESPECIAL DO COMÉRCIO PARA O DIA DAS MÃES

O Sindicato do Comércio Varejista de Ilhéus divulgou o horário especial do funcionamento do comércio de Ilhéus para o Dia das Mães. De acordo com o Sindicato, o horário tem o objetivo de atender melhor o público neste período, sendo este acordado na Convenção Coletiva de Trabalho 2018/2019. Confira:

09 e 10 de maio (quinta e sexta-feira) – 9h às 20h

11 de maio (sábado) – 9h às 18h

O TABULEIRO

 

ECONOMIA: IR reabre hoje sistema para quem não entregou declaração

A Receita Federal reabre nesta quinta-feira (2), a partir das 8h, o sistema do Imposto de Renda 2019 para que os contribuintes que não entregaram a declaração dentro do prazo possam fazer o envio e pagar a multa.

O programa para o enviou da declaração para quem perdeu o prazo é o mesmo. Clique aqui para fazer o download.

De acordo com o Fisco, até às 23h59 do dia 30 de abril foram entregues 30.677.080 declarações, número acima da expectativa de 30,5 milhões neste ano.

Perdi o prazo. O que faço?

É recomendável que o contribuinte acerte as contas o quanto antes para pagar uma multa menor.

Assim que enviar a declaração, o contribuinte receberá a “Notificação de lançamento da multa”, com o prazo para quitar a taxa. O pagamento deve ser feito em até 30 dias após a emissão. Encerrado esse prazo, passam a incidir juros de mora sobre o valor, com base na taxa Selic.

Para emitir o Documento de Arrecadações de Receitas Federais (Darf) necessário para quitar a multa, o contribuinte deverá selecionar a opção “Darf de multa por Entrega em Atraso”, localizado na aba “Imprimir” do programa gerador da declaração.

Qual o valor da multa?

A multa mínima para quem não entregou dentro do prazo é de R$ 165,74, mas pode atingir até 20% do imposto devido.

A multa por atraso na entrega da declaração é aplicada tanto para quem tem imposto a pagar quanto para quem tem restituição a receber. Para quem tem imposto a pagar, a multa é de 1% ao mês (ou fração de atraso) sobre o valor do imposto a pagar, limitada a 20% do imposto devido. Já para quem não tem imposto a pagar, o valor da multa corresponde ao mínimo exigido, que é de R$ 165,74.

O que acontece com quem não faz a declaração?

Além do prejuízo financeiro com a multa, o contribuinte fica com o CPF “sujo”, o que pode lhe impedir de empréstimos, tirar passaportes, obter certidão negativa para venda ou aluguel de imóvel e até prestar concurso público até a regularização da situação.

Quem enviou a declaração com erro e quer retificar paga multa?

Não. A declaração retificadora não está sujeita à multa por atraso na entrega.

Para retificar, é preciso ter em mãos o número do recibo da declaração original. O prazo para fazer a retificação é de cinco anos, mas é importante que o contribuinte faça isso o quanto antes, para não correr o risco de cair na malha fina. Não há cobrança para fazer isso.

Quando a declaração tem indícios de inconsistências que possam levar a penalidades, a Receita costuma enviar notificações aos contribuintes para que corrijam os erros. Mesmo depois do prazo, a declaração pode ser retificada e corrigida do que se faz necessário, porém, sem alterar o modelo no qual foi entregue (simplificada ou completa).

Caso o contribuinte tenha sido notificado pela Receita pelo e-CAC ou por correspondência, mas não fez nada a respeito, a Receita o convocará para prestar esclarecimentos e, se o erro for comprovado, a multa será de 75% sobre o imposto devido, corrigida pela variação da Selic.

Como saber se caí na malha fina?

É possível checar em 24 horas após o envio se a declaração foi processada ou se há alguma divergência. Se ela estiver já na fila de pagamentos, as informações prestadas estão coerentes com o banco de dados da Receita – indicando que a declaração, a princípio, não tem pendências (a Receita Federal tem até cinco anos para pedir esclarecimentos sobre as declarações).

A verificação pode ser feita pelo serviço Meu Imposto de Renda da Receita Federal. Para isso, é preciso gerar um código de acesso, a partir do número do CPF, data de nascimento e recibos de entrega das duas últimas declarações.

Se o contribuinte identificar alguma pendência e verificar que o erro foi dele, poderá enviar imediatamente uma correção retificadora da declaração.

Quem corre o risco de cair na malha fina são aqueles contribuintes que informam rendimentos e deduções diferentes daqueles encontrados no cruzamento de fontes pagadoras ou de fontes recebedoras.

Quando vou receber a restituição?

Para quem tem restituição a receber, a Receita começa a pagar em junho, em lotes mensais até dezembro.

Como a Receita corrige as restituições? Como saber quanto vou receber?

Veja as datas de pagamento dos lotes de restituição do IR neste ano:

1º lote, em 17 de junho de 2019;

2º lote, em 15 de julho de 2019;

3º lote, em 15 de agosto de 2019;

4º lote, em 16 de setembro de 2019;

5º lote, em 15 de outubro de 2019;

6º lote, em 18 de novembro de 2019;

7º lote, em 16 de dezembro de 2019.

Quem é obrigado a declarar

Quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018. O valor é o mesmo da declaração do IR do ano passado.

Contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado;

Quem obteve, em qualquer mês de 2018, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;

Quem teve, em 2018, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural;

Quem tinha, até 31 de dezembro de 2018, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;

Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano passado e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro de 2018;

Quem optou pela isenção do imposto incidente em valor obtido na venda de imóveis residenciais cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias, contado da celebração do contrato de venda;

Quem optar pela declaração simplificada abre mão de todas as deduções admitidas na legislação tributária, como aquelas por gastos com educação e saúde, mas tem direito a uma dedução de 20% do valor dos rendimentos tributáveis, limitada a R$ 16.754,34, mesmo valor do ano passado.

ITABUNA: CAPITÃO AZEVEDO PODE IR PARA O PR

O ex-prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, ainda no PTB, está avaliando sua filiação ao Partido da República – PR. Apaixonado pelo DEM, ele ainda aguarda a definição da escolha entre ele e a vereadora Charliane Sousa, também ainda no PTB, de quem vai comandar a legenda em Itabuna. A parlamentar está em vantagem no processo.

Enquanto isso, o Capitão tem dialogado com a direção local do PR, visando abrigo político para disputar a prefeitura de Itabuna em 2020. Outras legendas correm por fora , ou por dentro, querendo abrigar o Capitão.

IPOLÍTICA









web