WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia









junho 2019
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
videos


:: 3/jun/2019 . 14:52

Ilhéus: Diretor da escola desmente esfaqueamento de alunos

Segundo o blog do Gusmão, o professor Benedito Souza negou que alunos da Escola Estadual Estado do Ceará tenham sido esfaqueados por um colega.

Segundo Benedito (diretor da unidade de ensino), por volta das 10h20min., um aluno de 14 anos desferiu um golpe de faca contra um colega de 15 anos e gerou um ferimento superficial na mão da vítima. A briga teria começado na sala de aula, com brincadeiras de mau gosto, xingamentos e troca de tabefes. A atitude violenta do menor foi direcionada para uma só pessoa, diferente do que está sendo divulgado.

O porteiro e um segurança tomaram a faça e conseguiram acalmar a situação, afirma o diretor.

O jovem foi apreendido e levado à 7ª Coorpin para registro da ocorrência. A viatura da SAMU fotografada próxima à escola não tem relação com o fato. O serviço de urgência e emergência socorreu um homem que passou mal nas proximidades da escola, explicou Benedito Souza.

ILHÉUS: ESTUDANTES SÃO ESFAQUEADOS POR COLEGA DENTRO DE COLÉGIO

Pelo menos três estudantes teriam sido esfaqueados por um colega dentro do Colégio Estadual Estado do Ceará, no bairro Malhado, em Ilhéus. O fato aconteceu na manhã dessa segunda-feira, dia 3.

Segundo as informações iniciais, o agressor teria cometido a ação após sofrer bullying pelo três estudantes agredidos. Uma das vítimas mais grave teria sido agredida na região do tórax.

Viaturas da polícia Militar compareceram ao colégio para deter o agressor. Uma ambulância do SAMU 192 também foi deslocada ao local, prestando os primeiros atendimentos às vítimas.

Fonte: o tabuleiro

Neymar apaga vídeo em que fala sobre acusação de estupro

Neymar retirou do seu perfil em uma rede social o vídeo em que fala sobre a acusação de estupro e exibe mensagens que comprovariam sua inocência. O conteúdo postado, porém, incluia imagens íntimas da mulher e o jogador deverá ser investigado pela exposição das fotos sem consentimento.

O estupro teria ocorrido no dia 15 de maio em Paris. O boletim de ocorrência foi registrado na última sexta-feira (31) em uma delegacia em São Paulo. O celular de Neymar e da mulher serão periciados e os dois devem ser intimados a prestar depoimento nos próximos dias.

No domingo (2), a Polícia Civil do Rio de Janeiro foi até a Granja Comary, centro de treinamento da seleção brasileira de futebol, em Petrópolis, para uma primeira diligência sobre a acusação de estupro, mas Neymar não estava no local.

“A Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) irá apurar suposta divulgação de vídeo por parte do jogador Neymar. A 110°DP (Teresópolis) já realizou diligências que vão auxiliar nessa investigação”, diz comunicado divulgado pelo Polícia Civil.

Caso seja comprovada a Neymar pode responder pelo artigo 218-C do Código Penal Brasileiro.

Veja as mensagens trocadas entre Neymar e suposta vítima de estupro

Vereadores de MG cortam o próprio salário de R$ 6 mil para R$ 1.200

Vereadores de Arcos, cidade do Oeste de Minas Gerais, a 210 km de Belo Horizonte, aprovaram nesta semana um projeto que reduz os próprios salários e os rendimentos do prefeito, vice e secretariado do município. O texto prevê que os vencimentos mensais dos parlamentares tenham um corte de 80%, passando de R$ 6.180,00 para R$ 1.236,00.

O percentual de redução será diferente para os outros cargos. O prefeito, que ganha R$24.224,41 brutos, vai passar a receber metade do valor, ou seja, R$ 12.112. Os rendimentos dos secretários municipais cairá de R$ 7.975 para R$ 6.380 e os do vice-prefeito de R$ 6.458 para R$ 5.166 – redução de 20% em ambos os casos.

Luiz Henrique Sabino Messias (PSB), presidente da Câmara de Vereadores e autor do projeto, defende que a redução é importante para os cofres da cidade e para uma mudança de mentalidade sobre os cargos públicos. O legislador, que é médico, acredita que a política não deve ser vista como fonte de renda.

— Eu entendo que a política não é profissão. Todos nós podemos ter outra fonte de renda, desde que seja fora do horário das atividades. Nós estamos apenas servindo à cidade temporariamente.

Segundo Messias, a redução dos salários pode gerar uma economia de R$ 5 milhões em quatro anos. Contudo, para que isso aconteça, o projeto precisa ser aprovado pelo prefeito Denilson Teixeira (MDB).

O chefe do executivo tem até o próximo dia 11 de junho para analisar a proposta e tomar sua decisão. Caso opte por vetar as mudanças, o projeto volta para a Câmara e os vereadores podem derrubar o veto, caso seja a vontade da maioria.

Se o corte salarial for mantido, ele começa a valer na próxima gestão, que assume em 2021, conforme prevê a legislação.

A reportagem tentou contato com o prefeito, mas ele estava ocupado em agenda neste sábado (1).

    • A favor da redução:

Aparecida Alves (PR)
Donizete Bernardes (PTB)
Hugo Romano (PSDC)
João Paulo Teixeira (PSD)
Luiz Henrique sabino Messias (PSB)
Marcelo Estevam (PV)
Rodrigo Carvalho (PRB)

    • Contra a redução

Aparecida Rabelo (PC do B)
Geraldo Adriano (MDB)
Jamir Soares (MDB)
João Carlos (PTC)
Magda Fontes (PSDB)
Vinícius Machado (PSB)









web